Mais Do Que Uma Irmandade Canina

N?O ? uma sociedade de amigos dos c?es, nem ? um grupo de c?es armados de paus; ?sim um grupo de amigos que armados com paus lutam como c?es. Alguns dos nossos leitores j? os conhechem por meio da s?rie de videos editada em 1994 pela cadeia “Panther”, intitulados “Real Contact Stickfighting”, ou seja “Luta real com paus a contacto pleno”. E isso basicamente ? do que se trata, mas reduzir?se a essa explicac?o resulta insuficiente.

Os “Dog Brothers” s?o como as cebolas, t?m muitas capas. Por fora duros e aggresivos, ? medida que as capas v?o sendo eliminadas atrav?s des muitas l?grimas e n?doas pretas, descombrimos que em seu interior habita uma filosofia, uma forma de viver e de ajudar a conhecernos a n?s pr?prios.

Dog Brothers: Mais do que uma irmandade canina

Uma das frases favoritas de Marc “Crafty Dog” Denny, co-fundador do sistema, exemplifica claramente a filosofia dos “Dog Brothers:

“A viol?ncia ? inerente ao ser humano, se n?o se lhe d? urna via de saida constructiva a seguir, mais tarde ou mais cedo desborda de maneira incontrolada e contraproducente. Nossos amigos os c?es t?m, se n?o a ?nica, uma das f?rmulas mais directas para canalizar essa energia”.

Mas basta de introdu??es e passamos a conhecer mais acerca deste fascinante grupo de artistas marciais.

Come?aremos por apresentar Marc “Crafty” Denny, co-fundador dos Dog Brotheres e cabe?a activa do sistema. Atrav?s dele conheceremos um pouco mais da maneira e motivos da apari??o dos “irm?os”.

Sua alcunha “Crafty Dog” significa “c?o astuto”, se bem como o leitor poder? apreciar posteriormente, o termo “dog” tem muitos outros significados em ingl?s.

Marc chegou ? Calif?rnia depois de ter estudado brevemente Kung Fu em seus anos de faculdade em Nova York, assim como Taekwondo durante um ano, em Washington, D.C., onde exercia a advogacia.

Por motivos profissionais mudou-se para Long Beach, Calif?rnia, onde empreendeu neg?cios com seu irm?o mais novo.

Pouco tempo depois visita a academia de Dan lnosanto e come?a a estudar Kali, Arte que nunca mais abandonaria.

Um dia observou que dois companheiros da academia vinham com alguns arranh?es e n?doas negras, depois de ter praticado combate com paus.

Todos na academia de Dan tinham ouvido falar dos “combates ? morte” que antigamente existiam nas Ilhas Filipinas. Apesar de n?o tratar-se exactamente da mesma coisa, era suficiente para despertar a inata curiosidade de Marc. Assim sendo, conseguiu que da pr?xima vez que fossem praticar, o levassem tamb?m a ele. Al? conheceu Eric Knaus e este foi o respons?vel de Marc ter-se resolvido a experimentar a luta com paus. A partir daquele dia, Marc comprendeu que a luta com paus seria seu pessoal meio de supera??o.

A amizade com Eric crescia mais de dia para dia, assim como o desejo de encontrar novos companheiros para experimentar os novos horizontes que perante eles se abriam. Tarefa nada f?ci, certamente. Finalmente, Marc convenceu Eric para ir juntos ? Academia de Dan Inosanto, onde seria mais f?cil encontrar gente aberta para juntar?se ao projecto. Em pouco tempo formaram um grupo muito simp?tico. Foram-lhes confiadas as chaves da academia para que pudessem ficar depois das aulas a realizar suas pr?ticas, fechando depois as portas. Este grupo acabou sendo chamado: “o grupo de depots da meia-noite”.

Ao principio usavam capacetes rnet?licos super resistentes aos irnpactos do pau. Para algumas pessoas esses capacetes criavam um falso sentido de seguran?a a uma descontra??o excessiva ? hora de proteger uma zona t?o delicada como ? a cabe?a, e lutavam de uma maneira pouco realista. Sempre fiel ao mais puro realismo, Eric n?o tardou em queixar-se acerca do assunto e Marc resolveu o problema esticando o bra?o a apanhando uma dessas velhas m?scaras de esgrima qua estavam juntando poeira nas estantes da escola. A m?scara funcionou ? perfei??o, protegendo as zonas delicadas da cara, mas n?o em excesso, motivo pelo qual tinha de estarse alertado em todo momento a n?o deixava margem para a descontra??o.

Foi naquela ?poca quando decidiu-se n?o parar os combates quando chegados ao corpo-a-corpo, pois se a luta desenvolvia-se de maneira natural, devia continuar naturalmente. Apesar de naquele tempo nenhum deles ter ideia da luta no solo, nem ainda ter-se popularizado o Ju Jitsu Brasileiro, isso n?o impediu-os de pesquisar sobre o assunto. O primeiro contacto com o estilo brasileiro de Ju Jitsu foi em 1987, quando Carl Frank, estudande de Carlson Gracie no Hawaii, visitou-os e animou-se a “brincar” com eles. De imediato, todos ficaram fascinados.

O grupo de “depois da meia-noite” passou a chamar-se “The Dog Brothers” no “Festival de Tr?s Dias de Luta”, em Maio de 1989. Essa foi uma experi?ncia muito enriquecedora para todos os presentes. Quase todos as participantes do festival participaram de uns 20 combates a contacto pleno com paus, com m?nimas protec??es. O resultado foi um forte lai?o de uni?o e camaradagem entre as al? presentes.

Os motivos do nome ? um facto curioso. Depois de chegar a um ponto de comunh?o que s? a combate a pleno contacto pode preporcionar, fez-se patente a necessidade impl?cita de continuar com esse vinculo recentemente criado. Impunha-se uma organiza??o s?ria e com projectos e rnetas comuns. Tudo isto levava a cria??o de um nome. Naturalmente, poderiam perfeitamente ter-se chamado “os drag?es”, “os tigres”, ou “os lobros”, mas depois de um longo e esgotante dia de infind?veis lutas, Marc gozava de um merecido descanso e folheava uma banda desenhada de “Conan a B?rbaro”. Ent?o, Marc leu uma frase que Conan gritava a seus companheiros mercen?rios: “Lutai, lutai irm?os c?es!”. Assim foi como, com a “ajuda” de Conan, acharam um nome.

O motivo das alcunhas (crafty dog, top dog, etc…) ? samples de explicar. No grupo original juntaram-se quatro ou cinco pessoas de name Mark e Marc, fazendo-se imperiosa a necessidade de criar alcunhas.

No Ver?o de 1989 Marc conhecaria Punong Guro Edgar Sulite, tendo-lhe sido apresentado por seu Guro, o famoso Dan Inosanto, durante um semin?rio de Pekiti Tirsia, em Tennessee. Desde ent?o, Marc come?aria uma s?rie de intensivas aulas particulares com Sulite, visando principalmente ser um melhor lutador, para o que o sistema Lameco ? altamente efectivo. Marc obteria o diploma de instrutor do sistema Lameco da m?o do desaparecido Edgar Sulite. Punong Guro Edgar faleceu recentemente nas Filipinas, durante um dos seus cursos onde prodigava a sua Arte. Sirvam estas linhas corno brave hornenagem p?stuma a este Mestre a para lembrar a todos n?s que esta preciada vida qua possuimos ? breve a deve ser aproveitada em cada segundo. Puong Guro Edgar faleceu rnuito novo, ? idade de 39 anos, tendo deixado mulher a cinco filhos.

Voltando ao tema do Jiu Jitsu Brasileiro, no Ver?o de 1990, premeiro Marc a depois Eric, come?aram a estudar sob a tutela dos irm?os Machado e com os resultados obtidos ? vista, continuam at? o dia de hoje.

Com a apari??o dos “Ultimate Fighting Championship” (UFC) aconteceu qua para o UFC III, convidaram os Dog Brothers a realizar uma exibi??o entre as semifinals e as finals, mas acabou por ser adiada porque, em palavras do organizador: “…eram excessivamente realistas e devido ? censura televisiva, corr?amos o risco de, por sua culpa, ser proibida a totalidade do evento”. A carta assinada pelo senhor Arthur Davie finaliza dizendo que talvez os Dog Brothers simplesmente est?o adiantados ao seu tempo.

Finalmente, os Videos da cadeia Panther, intitulados “Real Contact Stickfighting” foram gravados no Inverno 1992-1993, tendo saido ? venda no Outono de 1994. Gra?as aos videos, agora ? muito mais f?cil achar companheiros e os encontros no parque convocam regularmente entre 20 e 30 lutadores de todo o pa?s, assim como uns 200 espectadores.

Passemos agora a conhecer um pouco mais do presente e futuro dos Dog Brothers. Como eles pr?prios dizem, seu desejo para o presente ? simplesmente ensinar as boas gentes a lutar de uma maneira efectiva e realista, melhorar a auto-estima e a auto-confian?a. Se conseguirem isso, d?o-se por satisfeitos. O sistema que ensinam, que chamam “um sistema de muitos estilos”, ? um mixto de suas experi?ncias e uma selec??o de estilos, pois n?o acreditam na exist?ncia de um estilo superior a outros ou que tenha todas as respostas. Por tanto, em determinadas circunst?ncias um estilo ser? mais eficaz que outro, e para poder superar o advers?rio, faz mais sentido utilizar t?cnicas nas que sentima-nos mais ? vontade e que sejam mais desconhecidas pelo oponente. Assim sendo. defendem uma aproxima??o integral ? arte do combate, cobrindo todas as poss?veis dist?ncias e armas. Desde punhos, pernas, cotovelos, etc….passando por facas, bates de bassball, paus, combate no solo, projec??es, etc…Basicamente, a filosofia pringipal s?o “os Conceitos de Jeet Kune Do”. Mas aten??o, praticar JKD n?o significa praticar o sistema de nossos amigos “c?es”. S? atrav?s do contacto pleno com m?nimas protec??es se pode chegar ao tipo de conclus?es e realidades altamente pr?ticas a que chegaram.

Al?m do mais, desenvolveram uma tremenda qualidade, que ? a de utilizar o pau em todo tipo de dist?ncias e situa??des, sempre que estiver ao seu alcance, claro est?. Isto significa que podemos estar utilizando as pernas para pontapear e de repente “wham”, atacam com o pau ? perna; ou podemos estar no ch?o tentando um estrangulamento e eles usam o pau como uma alavanca, e n?o s? para escapar do estrangulamento como tamb?m para aplicar uma t?cnica de submiss?o contra n?s. Na verdade, qualquer tipo de t?cnica ou de situa??o em combate, muda como da noite para o dia quando podemos utilizar o leque de possibilidades que o pau d?.

Acreditem, a arte de combats no solo ? completamente diferente quando podemos contar com a ajuda do pau.

O sistema

a) Kali i O cora??o continuam sendo as Artes Marciais Filipinas. As tr?s principals raizes s?o: o sistema de Inosanto, Pekiti Tirsia e Larneco. O Silat tamb?m ? considerado como parte do sistema, assim seja com armas ou sem alas.

b) Dog Brother Grappling i Ainda sendo estudantes de n?vel m?dio do Machado Ju Jitsu, ? considerada indispons?vel a habilidade de lutar corpo-a-corpo. Poder faz?-lo ? parte integral de “Dog Brother Stickgrappling” assim como do “Dog Brother Vale Tudo” sem armas, qua detalharemos mais adiante. Principalmente, neste campo utilizaram-se da ajuda da familia Machado aqueles que residem perto da casa rnatriz dos Dog Brothers em Hermosa Beach, CA. Diz Marc: “Para quem possa, recomendamos qua estudem com os Irm?os Machado”.

c) Krabi Krabong i ? a arte de luta com armas e sem elas, da qual ? descendents o Muay Thai. Nesta ?rea utilizam o ensino a direc??o de Ajarn Arlan “Salty Dog” Sanford, que est? reconhecido e diplomado na Tail?ndia.

d) Dog Brother Stick Grappling i ? o seu pr?prio a original sistema de usar o pau no corpo-a-corpo, tanto no solo como am p?. Para sua cria??o, al?m dos anos de experi?ncia a experimenta??o pessoal, utilizaram-se da ajuda de elementos do Ju Jitsu Brasilairo, Artes Marciais Filipinas e partes do sistema “Bando Python”, com a colabora??o do Grande Mestre Dr. M. Gyi, a quem Marc agradece sua importante ajuda.

e) Dog Brother Vale-Tudo i ? o sistema de m?o nua quo utiliza-se quando se perde a arma. ? baseado em todos os mesmos princ?pios que o resto do sistema, motivo pelo qual resulta altamente original e inesperado. Inclui punhos, pernas, cotovelos, joelhos, agarramentos e projec??es; luta no solo a submiss?es no solo. A mat?ria nesta ?rea inclui Jun Fan Gun Fu.

Objetivos

O ideal primordial ? ajudar o estudante a desenvolver um n?vel mais elevado de pensamento e uma variedade inusual de t?cnicas, que ajudem a melhorar sua habilidade como lutador a como pessoa. Mais que aquilo que pode aprender-se, o destaque vai para a maneira como se utilizam esses conhecimentos de uma forma integral e realista.

Para formar parte deste projecto n?o ? preciso tornar-se um Dog Brother, podemos beneficiar-nos de todas estes conhecimentos da mesma maneira, e o que ? mais importante, aprender da experi?ncia de outros.

Uma das maneiras de beneficiar-se das experi?ncias de outros, seria presenciar um dos “encontros no parque” (“Gathering of the Park”) que t?m lugar duas vezes por ano. A melhor maneira seria participar em tais encontros, para poder assim apreciar a experi?ncia de primeira m?o. Mas para quem simplesmente ? curioso, ou para os mais conservadores, n?o ? m? ideia passar por l? e assistir aos eventos. ? totalmente gratuito a temos ocasi?o de conhecer e conversar com os participantes. Ap?s cada combate, os contendentes reunem-se para comentar a “jogada” e ? ent?o quando se aprende mais a tem-se a oportunidade de saber como se sentem e o que apronderam nesse combate em especial. N?o tendo ocasi?o de deslocar-se at? Hermosa Beach na Calif?rnia, outra possibilidade ? conseguir os j? ditos Videos, os quais podem adquirir escrevendo para os Dog Brothers ou atrav?s do “website” dos Dog Brothers, por um pre?o mais econ?mico que os de Panther.

O “website” tem tamb?m um espa?o com t?cnicas, reportagens, biografias e todo tipo de informa??es am geral. Vale a pena dar uma olhadela!

Finalmente, outra possibilidade seria organizer um curso com Guro Marc “Crafty Dog” Denny. Guro Denny comentou-me estar muito interessado am visitar parses da Europa e da Am?rica Latina. Devemos referir quo Marc, com quem tenho o privil?gio de compartilhar uma boa amizade, fala perfeitamente o Castelhano e por tanto n?o ? preciso dirigir-se a ele em lngl?s. O Castalhano est? cada vez mais extendido na Calif?rnia.

Como antes dissemos, n?o ? preciso saltar ao campo da batalha para tomar parte neste mundo de “sudorosos loucos que se moem ? paulada”, como carinhosamente entre eles pr?prios se auto-donominam. Podemos ser simplesmente um aluno, bensficiandonos de toda a experi?ncia de seus professores e podemos mesmo tornarnos “Instutores Associados”, que ? como se diferenciam aqueles qua levam como alunos o tempo necess?rio e que possuem o n?vel t?cnico pr?prio de um instrutor, mas que n?o est?o interessados em provar seus conhecimentos no campo de batalha, por assim dizer.

Home | Members | Instructors | Military/LEO | Store | Contact Us

© 2008 Dog Brothers, Inc. Martial Arts.

Dog Brothers Inc. Martial Arts
703 Pier Ave. Ste B PMB 664
Hermosa Beach, CA 90254
Orders, Memberships, and other Reality: 310-540-6853 | Fax: 310-943-2733
Martial Arts Inquiries: 310-543-7521

Website designed by EDGES2, INC. Please contact webmaster with any technical questions about this site.

Speak Your Mind

*